Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2019

A VIÚVA E O SAPATEIRO - Conto de Mário Terrabatava

Imagem
A VIÚVA E O SAPATEIRO Mário Terrabatava (Conto inspirado numa antiga narrativa medieval.) Em minha terra, se um homem sem prole masculina morre ab intestato — ou seja, sem deixar testamento —, seus bens, porque não expressamente destinados aos familiares supérstites, são arrecadados pelo e para o tesouro real, ainda que o defunto tenha filhas e a sua esposa esteja viva.   Mulher e filhas, graças ao descaso da   Divina Providência e à Imprevidência do desgraçado varão, estão condenadas à indigência ou à prostituição (se não   a ambas, a depender da idade da viúva), acaso não tenham parentes vivos e generosos — o que é mui raro; menos a parentela, mais a generosidade — que lhes garantam um   miserável sustento. E tudo é assim porque os agentes do tesouro são inclementes e, se lhes não é exibida prontamente uma certidão autêntica, de inteiro teor, do testamento, arrancam das mulheres o último dos últimos vinténs, quando não algo mais. Algo menos metálico e mais lúbrico.