Mostrando postagens de Setembro, 2020Mostrar tudo
A CRIADA DO ESTUDANTE - Conto Humorístico - Humberto de Campos
Pin it

A CRIADA DO ESTUDANTE Humberto de Campos (1886 – 1934)   Era uma vez, na cidade de Tchinfanfu, circunscrição do Kuetcheu, havia um estudante chamado Ting-lih-Tchung. Como a sua vida era consumida da leitura dos grandes livros da Sabedoria, não tinha para o servir senão uma criada. Certo…

Leia mais
CHARLOTTE CORDAY - Narrativa Histórica - Thomas Carlyle
Pin it

CHARLOTTE CORDAY Thomas Carlyle (1795 – 1881)     Na sala de espera do Palácio da Intendência, onde vêm e vão, atarefados, os deputados, uma jovem, acompanhada por um velho criado, despede-se grave e gentilmente do deputado Barbaroux. Figura normanda majestosa, vinte e cinco anos, o rosto…

Leia mais
O BOM BEBERRÃO - Conto de Catulle Mendes
Pin it

O BOM BEBERRÃO Catulle Mendes (1841 – 1909) Tradução de Humberto de Campos (1886 – 1934)     — Eu — começou John Kinkerbocker, burguês de Londres, ventripotente como um hoteleiro de Vaudeville, e nariz vermelho como uma pasta de sangue —, eu posso dizer que não há um gentleman na v…

Leia mais
SUBMISSÃO - Conto de Anton Tchekhov
Pin it

SUBMISSÃO Anton Tchekhov (1860 – 1904)   Há poucos dias, chamei Yulia Vasilievna, a governanta de meus filhos, para vir ao meu escritório. Precisávamos acertar  as contas. — Sente-se, Yulia Vasilievna — disse-lhe. —  Vamos acertar nossas contas. Você certamente precisa de dinheiro, mas é …

Leia mais
LANÇAMENTO - HISTÓRIAS NEFASTAS - Paulo Soriano
Pin it

HISTÓRIAS NEFASTAS (Contos) Paulo Soriano Baixe  aqui  a amostra grátis    Após anos militando no site  Contos de Terror , Paulo Soriano montou o seu primeiro livro de contos, em que, da parte alta de Salvador, Bahia, ele mirava o outro lado do Atlântico em busca das raízes europeias do horror. O q…

Leia mais
CIÚME - Conto - Pierre Veber
Pin it

CIÚME Pierre Veber (1869 – 1942) Tradução de Humberto de Campos (1886 – 1934)    Certo, a lógica dos homens é o que há de mais penoso e inconsequente. Quando João, que amava Mme. Paula, verificou que era correspondido, pediu-lhe a mão, e casou-se. E foi-lhe logo, dizendo:  — Minha q…

Leia mais